E com vocês… AREA NO KISHI!!!

agosto 20, 2009 at 12:38 12 comentários

ALELUIA, IRMÃOS! /jesus

Bem… a Quadradim não é a Jump, mas ter sempre um mangá de esporte virou meio que uma tradição aqui na casa. Afinal, nosso primeiro projeto era de esporte. E com o abandono de Kuroko no Basket (pelos gringos, não canso de dizer… se eles voltarem a traduzir, a gente também volta), nada melhor que o melhor mangá de futebol que eu já li (e seríssimo candidato a melhor mangá esportivo overall) pra preencher o vazio com sobra!

Sinopse rápida e rasteira: Suguru e Kakeru são dois irmãos que jogam futebol como ninguém. Suguru, aos 15 anos, já se tornou estrela da seleção japonesa; já Kakeru… bem, ele é tão talentoso quanto o irmão, mas decidiu abandonar os gramados e atuar só como auxiliar técnico depois de um acidente na oitava série. Claro, Suguru sabe do talento que o irmão tem e não se conforma com a decisão dele. O que poderá acontecer para que Kakeru mude de ideia e volte a ajudar o time de dentro de campo, onde seu irmão o espera? Isso vocês vão ver – adivinhem como – LENDO.

Area no Kishi – #1

area2

area

Como não sou só eu o responsável pelo projeto (o Vaca é o editor), não esperem que saia um capítulo por dia que nem fiz com Gintama e Kuroko. Mas vamos fazer de tudo pra manter a regularidade! Enjoy!

E antes que eu me esqueça… mesmo que algum de vocês não vá muito com a cara do mangá nesse comecinho, leiam pelo menos os dois primeiros volumes inteiros antes de pensarem em desistir. Logo vão entender por quê.

Anúncios

Entry filed under: Area No Kishi.

Os mino e as mana Já dizia o velho deitado… “me ajudem a levantar”.

12 Comentários Add your own

  • 1. Vaca  |  agosto 20, 2009 às 12:45

    UHUL \o/
    E não estranhem o tamanho do capítulos. Os primeiros capítulos são bem grandes. Tanto que o primeiro volume só pega os três primeiros capítulos. Destaque pro primeiro com suas 90 páginas.

    Responder
  • 2. Lucario (poke1000)  |  agosto 20, 2009 às 13:30

    caraca
    area no kishi é muito bom
    seria legal trazer fantasista também hehe
    a maioria dos mangás de esporte são bons
    não sei qual o preconceito da maioria do povo
    ~~
    boa sorte ai =D

    Responder
  • 3. Estranho  |  agosto 20, 2009 às 13:30

    Não é um Ahiru no Sora =D, mas mandaram bem!!

    Responder
  • 4. joaotms  |  agosto 20, 2009 às 13:38

    vlw, baixando pra conferir…

    Responder
  • 5. Wagner  |  agosto 20, 2009 às 16:05

    Vlw pessoal por mais esse projeto, parece ser um ótimo mangá, ainda mais sendo futebol, vou ler com certeza =D

    vlw e continuem assim, com ótimos projetos, qualidade e velocidade.

    flw e até +

    Responder
  • 6. Makky  |  agosto 20, 2009 às 18:36

    Gostei deste mangá, vlw

    Responder
  • 7. Alexandre  |  agosto 21, 2009 às 15:23

    Pior que ele é bacana e eu gosto dele, mas jamais vou dizer que é o melhor mangá de esporte já feito simplesmente porque dois terços de sua premissa são descaradamente chupados de Touch, do Mitsuru Adachi. Que é de beisebol, infelizmente.

    Responder
    • 8. quadradim  |  agosto 21, 2009 às 17:12

      Cara… Area no Kishi só é chupado de Touch por uns seis capítulos. Depois disso, o que ele tem em comum com Touch é completamente esquecido. Os acontecimentos iniciais funcionam só como um ponto de partida, uma mola propulsora pra o que vem depois, que é um mangá esportivo como qualquer outro, sobre a superação de um time e o sonho de um personagem de fazer parte da seleção do país.

      Se ele ficasse insistindo naquilo que tem de semelhante com Touch, eu até entenderia sua crítica. Mas não fica – e, diga-se de passagem, mesmo que ficasse eu não veria problema, porque a execução é bem melhor que a de Touch, que é um mangá interessante de analisar e importante sob um certo ponto de vista, mas que no fundo é chato e sem-graça pra caramba.

      Responder
  • 9. Fulanow  |  fevereiro 24, 2011 às 20:35

    Touch, chato e sem-graça?

    Interessante… depois de mais de 15 volumes de Area no Kishi, ainda não vi nada que se compare ao espetacular Meisei x Sumi Tech que marcou o fim da obra de Adachi.

    Ainda complemento: Area no Kishi não é nem o melhor quadrinho de esporte em sua respectiva antologia(perde FEIO para Ahiru no Sora e Daiya no Ace em diversos aspectos), estando beeem longe de poder ser comparado com os clássicos do Adachi.

    Dito isso, compartilho seu amor pelo gênero – e aprecio a iniciativa de traduzir um ótimo título de esporte. Vida longa ao seu scantrad.

    Responder
    • 10. quadradim  |  fevereiro 26, 2011 às 15:52

      Bem, eu achei Touch chato de dar sono do início ao fim, principalmente quando saía do beisebol e focava na vida cotidiana dos personagens (e olha que essa é a parte que eu mais costumo gostar em mangás esportivos – não é à toa que eu curti muito mais os 18 capítulos de Hoop men que mais de 50 de Kuroko no Basket, por exemplo).

      Também acho Daiya melhor que Area e não duvido que Ahiru no Sora também seja, mas na real, esse lance de avaliar “melhor e pior” é besteira. Depende de um zilhão de fatores que variam colossalmente de leitor pra leitor, é subjetivo demais. Nada vai me fazer gostar de Touch ou mudar sua opinião em relação a Area no Kishi, então nem vou me prolongar muito no assunto. Adachi não é pra mim e fim de papo.

      De qualquer forma, obrigado pelos elogios. o/

      Responder
    • 11. quadradim  |  fevereiro 26, 2011 às 15:56

      Peraí… putz da vida, só agora fui ver que o post é do Fulanow!

      Rapaz, já levei um susto no Maximum Cosmo essa semana, e agora levo um aqui também! Legal ver que você ainda está na ativa… o Orkut ficou 50% mais tosco depois do seu sumiço. 😛

      Responder
  • 12. Fulanow  |  março 2, 2011 às 12:44

    Existem casos em que o santo simplesmente não bate. Como você parece ser uma pessoa de bom gosto, acredito que você tenha simplesmente uma incompatibilidade com o estilo do Adachi. Compreensível.

    Quanto ao resto, sou obrigado a discordar – uma coisa é comparar títulos completamente diferentes, outra é comparar títulos do MESMO gênero dirigidos a um MESMO público(Ahiru no Sora e Area no Kishi, por exemplo).

    Não devemos ser escravos da subjetividade – ou reviews e discussões sobre produtos de entretenimentos não existiriam.

    Existe bom e ruim. Existe melhor e pior – quando a comparação é *pertinente*.

    E agradeço o reconhecimento – mas acredito que o Orkut continua sendo o que sempre foi: para cada coisa inteligente que você ler, haverão 10 idiotices.

    Joio, trigo, etc.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Categorias

Tópicos recentes

Twitter do QS


%d blogueiros gostam disto: